Canal Youtube

18 janeiro 2010

Como fazer trabalhos utilizando a técnica da Papietagem

Nesse passo-a-passo mostrarei como se iniciar na área da papietagem. Antes de iniciar o trabalho é necessário ter um molde, ou forma de gesso (não tem a forma? Saiba como fazer CLICANDO AQUI), cola branca, papel craft fino (saquinhos de pão), jornal, durepoxi e um pincel largo.


A Papietagem, ou Papier Collé (francês: o papel colado) é uma técnica antiga muito utilizada para a confecção de adereços cênicos para teatro e máscaras carnavalescas. Através da técnica é possível reproduzir qualquer objeto sólido. Com a prática e experimentação de novas formas de trabalhar pode-se trabalhar objetos em três dimensões deixando de lado a confecção de peças com apenas uma face.

A técnica foi desenvolvida pelo pintor Cubista Georges Braque, que tomou como base o método do collagem de Pablo Picasso, artista que inventou a técnica e usou-a primeiramente em sua pintura 1912, Fruitdish e vidro. Henri Matisse também ficou conhecido por utilizar a papietagem em retratos.

A técnica é uma ramificação do papel machê, não exige muito do artesão já que se trata apenas da colagem de papel sobre papel.

O artesão pode substituir a cola branca por uma receita caseira. A fórmula feita em casa garante maior firmeza ao trabalho.

Receita da cola caseira:

1 colher de sopa de farinha de trigo

1 xícara de chá de água

Levar ao fogo mexendo sempre, após cozida acrescente gotas de formol, vinagre, pinho sol ou limão, isso garantirá que a peça não crie mofo e tenha maior durabilidade.

1º Passo
Rasgue o papel craft fino (saco de pão) em pedaços pequenos. Não use a tesoura ou estilete, rasgando o papel é possível garantir maior adesão das fibras e junção mais perfeita entre as camadas de papel.

Veja como deve organizar a bancada.


Não é necessário encharcar o papel. Ele deve ficar úmido o suficiente para adquirir os contornos da forma. Portanto, antes de começar a primeira camada repouse porções de papel em uma toalha pequena.


2º Passo
Com a ajuda do pincél inicie a primeira camada de papel. Lembre-se, é necessário usar o pincel com firmeza para evitar a formação de bolhas de ar entre a primeira camada e o gesso.


Essa é a camada mais importante de todo o processo, é ela que ficará à mostra quando a peça estiver concluída. Utilize o pioncel de forma a garantir que o papel realmente tome a forma do obejto que está sendo reproduzido.


Veja como ficará a peça após a aplicação da primeira camada. Perceba que o papel craft não fica apenas na áre da peça, ele cria uma rebarba, essa rebarba é importante para facilitar a retirada da peça da forma quando a mesma estiver concluída. Ela também serve de proteção para evitar que as demais camada, aquelas que utilizam cola, não entre em contato direto com o gesso.



3º Passo
Vamos preparar a cola. Se o artesão optou em fabricar a cola caseira pode pular essa etapa. Se opção for pela cola branca, a orientação é que utilize um pote plástico e misture cola e água em medidas iguais.



3º Passo
Vamos preparar a cola. Se o artesão optou em fabricar a cola caseira pode pular essa etapa. Se opção for Conforme deve ter percebido, não utilizamos cola na primeira camada, isso evita que o papel cole ao gesso. Nas demais camadas o uso da cola é obrigatório, e3la deve ser colocada de forma uniforme em toda a extensão da peça.
A segunda camada será feita com jornal, repita o processo do 1º e 2º passo.

O importante dessa etapa é acrescentar a cola entre a 1ª e 2ª camada, faça isso de forma gradativa: usando o pincel cubra uma pequena área (o suficiente para colocar apenas um pedaço de papel jornal rasgado), repita esse processo a cada peça de jornal rasgado, até cobrir toda a peça com papel.





Lembre-se: a preocupação com os detalhes deve ser uma constante, evite a formaçãod e bolhas de ar, e tenha a certeza de cobrir toda a área com a cola.


Áreas com detalhes mais específicos e minuciosos deve, sempre, receber uma atenção especial e ser trabalhado com mais cuidado.
 
Após concluir essa etapa observe com atenção a camada que acabou de fazer.


Se necessário, reforce os detalhes.


Repita o processo do segundo passo até concluir o trabalho. Recomendo que reveze a utilização do papel craft e jornal de camada a camada. Desta forma você evitará excessos de papel, sabendo exatamente onde começou uma camada e terminou outra. Recomendo que o artesão aplique entre 8 e 10 camadas de papel antes de desenformar.

4º Passo
Aguarde as camadas secarem, isso pode levar de um a dois dias, se achar necessário você pode apressar essa processo utilizando um secador de cabelo. Com cuidado, desenforme a peça, é provável que haja algumas áreas onde o papel solte, isso é comum, já que na primeira camada você não utilizou cola.


Utilize a rebarba da peça para conseguir desenformar, tenha muito cuidado e atenção.




Veja o resultado da reprodução.



5º Passo
USando uma tesura retire a rebarba.


Utilize um estilete para definir os detalhes do contorno


6º Passo
Passe uma mão de cola branca em toda a peça.


Tenha uma atenção especial ao contorno do trabalho.


7º Passo
Misture um pouco de durepoxi.


Em uma superfície lisa molde o durepoxi de forma a criar uma espécie de barbante largo, conforme a imagem abaixo.


Aplique esse barbante de Durepoxi em todo o contorno da peça


Deixe o durepoxi secando por aproximadamente 2 horas. Durante esse período deixe a peça descansando em uma base plástica.


8º Passo
Rasgue pedaços pequenos de papel, procure deixar em formato quadrado com aproximadamente 2 centímetros quadrados..


Repíta os procediemtnos do 1º passo

Passe cola no contorno do desenho, procure fazer esse processo por extensões pequenas. passe cola em cinco centímetros e aplique o papel passe cola em outros cinco centímetros e aplique o papel.

Cole o papel, de modos a cobrir o barabnte de durepoxi.




Após cobrir todo o contorno com o papel passe uma mão de cola dentro e fora da peça, para fixar o contorno de papel.


Veja o trabalho concluído

8 comentários:

Daninha disse...

Muito bommmm. Adorei o PAP. Bjnhs de Portugal

Renata Duarte disse...

Parabéns pela descrição perfeita da técncia. Sou de Teatro e uso a técncia um pouco modificada e um pouco mais simples. O resultado também é ótimo e as peças ficam bem resistentes. Utilizo também a cola branca comum e verniz marítimo para acabamento das peças...a durabilidade é extraordinária. Congratulações,

Anônimo disse...

Muito legal e muito bem explicado.
Este está nos meus favoritos.
Sucesso a vocês.
Grato
Cezar
10 05 2010

Aline disse...

Gostei muito do teu blog, está salvo nos meus favoritos. Uma perguntinha: eu posso utilizar essa mesma forma para trabalhar com papel machê? o que devo usar como recurso para desenformar? a vaselina?
aguardo resposta

Renato Fernandes disse...

Vaselina sólida como desmoldante é o idel, mas não exagere. Nunca tentei usar com o Papel Mache, acho que dá certo sim

Nany disse...

aprendi essa tecnica na escola a muitos anos, tinha esquecido. Adorei. Está muito bem explicada e muito claro todos os passos. Parabemns

Anônimo disse...

oii

pedro americo disse...

nossa que legal muito interessante esta tecnica da para adaptar com gesso ou seja usar gesso em estado liquido no lugar da cola ? so mais uma perguta é possivel fazer moldes , para quem não sabe existe uma resina para laminação acredito que aplicar na peça apos pronta tb da um otimo resultado parabens pelo blog pela iniciativa tb salvei seu blog em meus favoritos